Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Temer e Macri reforçam importância da cooperação na área nuclear

O presidente da Argentina, Maurício Macri, realizou visita oficial ao Brasil na última terça-feira, dia 7 de fevereiro. Em encontro com o presidente brasileiro, Michel Temer, foi reiterada a disposição dos dois países em fortalecer a cooperação na área nuclear.

Conforme divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), Temer e Macri ressaltaram, em declaração conjunta, a relevância da boa relação dos dois países. Entre as várias áreas nas quais acreditam no sucesso de uma cooperação bilateral, destacaram a ciência e tecnologia de forma abrangente e, em especial, o setor nuclear.

O Itamaraty informou que, no que diz respeito ao setor nuclear, os presidentes e suas comitivas, "reafirmaram a relevância da Agência Brasileiro-Argentina de Contabilidade e Controle de Materiais Nucleares (ABACC) como mecanismo inovador para a aplicação de salvaguardas;  sublinharam a importância da cooperação bilateral para a construção do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB) e do Reator Argentino Multipropósito (RA-10); e instruíram seus governos a dar seguimento ao diálogo político e à coordenação na área nuclear, por meio dos mecanismos bilaterais existentes; determinaram, nesse contexto, a convocação de reunião da Comissão Binacional de Energia Nuclear (COBEN), em abril, e a realização de nova edição do Comitê Permanente de Política Nuclear (CPPN)”.

Como parte da programação oficial da visita de Macri, foi oferecido um almoço a ele e toda comitiva argentina no Palácio Itamaraty. O presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), Renato Cotta, integrou a comitiva brasileira que participou do encontro.   

registrado em:
Fim do conteúdo da página