Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

CNEN assumirá presidência do Foro Iberoamericano de Organismos Reguladores Radiológicos y Nucleares

 

A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) assumirá, no dia 7 de julho, a presidência do Foro Iberoamericano de Organismos Reguladores Radiológicos y Nucleares (Foro). A passagem de comando ocorrerá em Buenos Aires, durante reunião de representantes dos dez países integrantes da entidade.

 

 

O Foro foi criado em 1997 para promover alto nível de segurança em todas as práticas e atividades que envolvam fontes de radiação ionizante e materiais nucleares. Uma de suas atividades centrais é o intercâmbio de informações e experiências relacionadas à segurança radiológica, nuclear e física. A entidade, que também mantém colaboração com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), é composta por organismos reguladores de atividades nucleares e radiológicas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Espanha, México, Paraguai, Peru e Uruguai.

 

No dia 7 de julho, em Buenos Aires, será realizada uma solenidade em homenagem aos 20 anos do Foro. Neste encontro, a presidência da entidade será repassada da Argentina para o Brasil. Conforme previsto em seu estatuto, o Foro alterna anualmente o exercício da presidência entre seus integrantes, seguindo como referência a ordem alfabética dos nomes dos países membros no idioma espanhol.

 

Antes de 7 de julho, duas outras atividades serão realizadas em Buenos Aires como parte da programação organizada pelo Foro. Entre os dias 30 de junho e 4 de julho, ocorre a reunião do Comitê Técnico Executivo da entidade, na qual a CNEN estará representada pelo coordenador-geral substituto da Coordenação-Geral de Instalações Médicas e Industriais (CGMI), Alessandro Facure.

 

Nos dias 5 e 6 de julho, acontece a Reunião Plenária do Foro. Representarão a CNEN Alessandro Facure, Alexandre Gromann (diretor substituto da Diretoria de Radioproteção e Segurança Nuclear - DRS) e Viviane Simões (coordenadora-geral substituta da Coordenação-Geral de Assuntos Internacionais - CGAI). O presidente da CNEN, Paulo Roberto Pertusi, juntamente com os demais representantes da CNEN, participará da programação do dia 7 de julho. 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página