Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

RADIO 2017 teve ampla participação da CNEN

            Um evento permeado por muita informação técnica, homenagens e emoção. Essa pode ser a definição da Conferência Internacional RADIO 2017, que aconteceu de 25 a 29 de setembro em Goiânia, e que teve como tema principal as lições aprendidas ao longo dos 30 anos do acidente ocorrido com a fonte de césio 137 nessa mesma cidade em 1987. O evento contou com um grande número de servidores da CNEN, que participaram de mesas de debates, solenidades especiais e com um estande com informações sobre o trabalho da instituição na mitigação do acidente e em suas consequências.

A Conferência teve como tema “Goiânia 30 anos depois – Compartilhando experiências“ e foi organizada pela Sociedade Brasileira de Proteção Radiológica (SBPR) em cooperação com a Agência Internacional de Energia Atômica, a Sociedade Portuguesa de Proteção contra Radiação e a Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção. Durante toda a semana foram realizados cursos, palestras técnicas e mesas redondas com grande diversidade de temas ligados direta e indiretamente à área nuclear, mas que não se restringiram a aspectos técnicos. Houve também troca de experiências voltadas para área industrial, médica, comunicação, direito da área nuclear e para o repositório de rejeitos do acidente, que se encontra no Centro Regional de Ciências Nucleares do Centro Oeste (CRCN-CO), unidade da CNEN localizada em Abadia de Goiás, região metropolitana de Goiânia.

Na sessão solene de abertura, da qual participaram várias autoridades, o presidente da CNEN, Paulo Roberto Pertusi, destacou a grande importância do evento para a ciência e para a proteção radiológica; ressaltou o investimento realizado em pesquisas; os avanços da infraestrutura regulatória e dos mecanismos de regulação e de controle das fontes. Na sequência, a sessão técnica inicial, intitulada Memórias & Superação do Cs-137, relembrou o início do episódio, destacou o aspecto humano e de superação de todos os trabalhadores e da população atingida. Foi um momento de grande emoção, no qual também houve a entrega de certificados de reconhecimento aos trabalhadores que participaram da mitigação dos efeitos do acidente e de uma homenagem à mãe da menina Leide das Neves, falecida no acidente.

O Presidente da SBPR, Marcos do Amaral ressaltou que “o propósito das palestras foi divulgar as lições aprendidas do acidente de Goiânia e compartilhar as técnicas e tecnologias hoje disponíveis no mercado, na academia e também nos organismos que atuam na proteção e prevenção contra os efeitos negativos da radioatividade. A conferência foi multidisciplinar, contando com a participação de físicos, engenheiros, biólogos, médicos, advogados, comunicadores, gestores e, também, as próprias vítimas.

A semana de atividades foi encerrada com uma visita técnica ao repositório de rejeitos no CRCN-CO. Nesse centro de pesquisas, os participantes da Rádio tiveram a oportunidade de ir ao local onde estão depositados os rejeitos do acidente e conhecerem em mais detalhes o que ocorreu e como é feito a monitoração ambiental atualmente, que está sob a responsabilidade da CNEN.

 

 

Radio 2017 mesa abertura

Mesa de abertura da Rádio 2017

 

Radio 2017 stand CNEN

 Stand da CNEN na Conferência

registrado em:
Fim do conteúdo da página