Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

CNEN realiza primeira Jornada de Divulgação do Foro Iberoamericano de Organismos Reguladores Radiológicos y Nucleares

 

Abertura foro cortada

Abertura da Jornada de Divulgação do Foro                                                                     Foto: Douglas Troufa  

 

A Diretoria de Radioproteção e Segurança Nuclear da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) promoveu, nos dias 22 e 23 de fevereiro, a primeira Jornada de Divulgação do Foro Iberoamericano de Organismos Reguladores Radiológicos y Nucleares (Foro). O evento visou apresentar os principais resultados das atividades do Foro e a situação atual dos projetos em andamento.

O Foro foi criado em 1997 para promover o alto nível de segurança em todas as práticas e atividades que envolvam fontes de radiação ionizante e materiais nucleares. Uma de suas atividades centrais é o intercâmbio de informações e experiências relacionadas à segurança radiológica, nuclear e física. A entidade, que também mantém colaboração com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), é composta por organismos reguladores de atividades nucleares e radiológicas de dez países: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Espanha, México, Paraguai, Peru e Uruguai.

A CNEN é a atual presidente do Foro, posição assumida no dia 7 de julho do ano passado. A passagem de comando ocorreu em Buenos Aires, durante reunião de representantes dos dez países integrantes da entidade. O Foro alterna anualmente o exercício da presidência entre seus integrantes, seguindo como referência a ordem alfabética dos nomes dos países membros no idioma espanhol.

 Esta primeira Jornada de Divulgação visou, além de dar visibilidade às ações do Foro, estimular o uso das ferramentas e documentos gerados pela entidade. Pretendeu também abrir a possibilidade de discussão de ideias, para o desenvolvimento de projetos de interesse da comunidade. O evento contou com a participação de profissionais da área nuclear brasileiros e estrangeiros, incluindo representantes da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), de países que integram o Foro, da Agência Brasileiro-Argentina de Contabilidade e Controle de Materiais Nucleares (ABACC), da área regulatória da CNEN, das Indústrias Nucleares do Brasil (INB), da Sociedade Brasileira de Proteção Radiológica (SBPR), da Marinha do Brasil, entre outras relevantes entidades do setor nuclear brasileiro.

Na abertura do evento, o presidente da CNEN, Paulo Roberto Pertusi, chamou a atenção para importância do entrosamento entre profissionais e entidades que compõem a área nuclear. Destacou, ainda, que a Jornada de Divulgação é uma excelente oportunidade para o aprimoramento das ações do Foro, pois permite uma troca de ideias e conhecimentos. “É uma ocasião ímpar para aprendermos conjuntamente”, disse.

 

 

Baixe AQUI as apresentações dos palestrantes.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página