Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Workshop promovido pela CNEN debate programas de pós-graduação na área nuclear

 

DPD WORKSHOP

Participantes do workshop                                                 Foto: Luiz Claudio Braz

 

A Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD) da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) promoveu, nos dias 28 e 29 de junho, o workshop “A Pós-Graduação e o Setor Nuclear”. O evento ocorreu na sede da CNEN, no Rio de Janeiro, e teve como objetivo principal realizar um debate entre representantes dos programas de pós-graduação ligados direta ou indiretamente à área nuclear e empresas do setor nuclear. Em especial, buscou-se analisar a formação de recursos humanos especializados para o setor nuclear e identificar oportunidades de cooperação entre as instituições que atuam em atividades de ensino e as que utilizam a mão de obra formada.

A abertura do evento foi realizada pelo diretor da DPD, José Carlos Bressiani. Ele lembrou que este tema da cooperação e entrosamento entre os programas de pós-graduação da área nuclear e correlatas e usuários dos recursos humanos formados foi debatido em mesa redonda realizada no ano passado, em Belo Horizonte, durante a International Nuclear Atlantic Conference (INAC). Na ocasião, o tempo de debate foi curto e ficou acordado entre os presentes a realização de uma discussão mais ampla, que foi viabilizada justamente neste workshop.

Conforme Bressiani, há cerca de dez programas de pós-graduação no Brasil ligados direta ou indiretamente à área nuclear. O workshop buscou identificar dificuldades que eles enfrentam, trocar experiências e propor ações de cooperação que possam beneficiar a todos os envolvidos.

A manhã do primeiro dia do evento foi dedicada a apresentações de representantes da CNEN no Comitê de Avaliação das Engenharias II da CAPES (Denise Zezell e Celso Lapa), de representantes dos programas de pós-graduação do CDTN (Maria José Neves), UFPE/CRCN-NE (Elvis Joacir), IEN (Carlos Alexandre Jorge), IRD (Guilherme Peixoto), IPEN (Delvonei Andrade), UFMG (Claubia Pereira), UERJ (Hermes Alves Filho) e IME (João Claudio B. Fiel) e também de representantes da Eletronuclear (Marcelo Gomes) e da Amazul (Luciano Pagano).

Três temas principais foram abordados pelos palestrantes: avaliação dos cursos pela CAPES, grade curricular dos programas de pós-graduação e mercado de trabalho. Na tarde deste primeiro dia os participantes do workshop foram divididos em três grupos de trabalho, cada qual formado por um representante de institutos de ensino e pesquisa da CNEN, um de instituições de ensino e pesquisa de fora da CNEN e por um representante das indústrias do setor nuclear. No segundo e último dia do evento, os relatores de cada um dos três grupos de trabalho apresentaram suas conclusões, ocasião em que foi possível realizar um amplo debate com todos os envolvidos.

As ideias centrais, recomendações e conclusões das análises e debates realizados no workshop serão sintetizados e organizados. Alguns grupos de trabalho foram também formados para aprofundar algumas das propostas apontadas durante o workshop, de forma a sugerir medidas e ações conjuntas que potencializem as atividades das pós-graduações da área nuclear e promovam um maior entrosamento com empresas e demais instituições que empregam os profissionais formados.

registrado em:
Fim do conteúdo da página