Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Inscrições abertas para especialização em proteção radiológica e segurança de fontes radioativas

banner IRD especialização

 

   O curso de especialização IRD Proteção Radiológica e Segurança de Fontes Radioativas está com inscrições abertas até o dia 29 de novembro.  Aborda aspectos técnicos e administrativos necessários para os controles regulatórios e operacionais da proteção radiológica e a utilização segura de fontes radioativas em todas as suas aplicações, tem duração de seis meses, é gratuito e oferecido à comunidade de proteção radiológica do país e de outros países de língua portuguesa. O treinamento é resultado de uma parceria com a Agência Internacional de Energia Atômica, organismo das Nações Unidas para a área nuclear.

   Os candidatos devem ter formação superior nos cursos de graduação ou tecnólogo nas áreas de Engenharia, Física, Química, Biologia, Área da Saúde, Radiologia e afins. O exame de seleção será realizado no dia 17 de janeiro e compreende uma prova eliminatória de conhecimentos gerais, etapa eliminatória de redação em língua portuguesa e análise de currículo (classificatória). Dividido em 17 módulos, o curso engloba partes teóricas e treinamentos práticos (demonstrações, exercícios de laboratório, estudos de caso, visitas técnicas, simulações e workshops). Tem um total de 472 horas e 26 semanas, com atividades aos sábados, como visitas técnicas. O formulário de inscrição está disponível na página http://moodle.ird.gov.br/ensino/

   A formação também é oferecida em inglês, francês, espanhol e russo, em outros sete países, seguindo estrutura semelhante e a parceria com o organismo internacional. O treinamento está disponível na Argentina, Gana , Marrocos, Síria, Malásia, Grécia, Bielorússia. O curso no Brasil aceita candidatos de língua portuguesa de países da África, que são selecionados pela AIEA e têm a oportunidade de obter apoio financeiro da Agência para sua estadia no Brasil, durante a realização do treinamento. Em 2019 foram formados 18 especialistas, totalizando 130 com formação de nível internacional, desde o início do programa em 2011. Em setembro de 2019 a Agência divulgou que já formou mais de 1800 especialistas de 120 países, desde o início do programa, em 1981. Já foram concluídas mais de 100 turmas, que são conduzidas com média de 20 a 30 participantes.

   Saiba mais sobre os 37 anos do treinamento que forma especialistas nos países-membros da AIEA
(https://www.iaea.org/newscenter/news/celebrating-37-years-of-post-graduate-educational-courses-in-radiation-protection-and-the-safety-of-radiation-sources)

 

Texto: Lilian Bueno (Ascom IRD)

registrado em:
Fim do conteúdo da página