Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Vice-Diretor da AIEA visita a sede da CNEN

Foto banner

 

A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) recebeu a visita do Vice-Diretor Geral (DDG) da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mikhail Chudakov, em sua sede, no Rio de Janeiro, no dia 09 de dezembro. O encontro teve o objetivo de apresentar as atividades da CNEN e de suas Unidades, por meio de apresentações institucionais e promover uma visão sobre a atuação da autarquia no setor nuclear.

Esta foi a primeira visita do DDG à CNEN e a segunda ao país. Acompanharam Chudakov o pesquisador da Amazul, Aldo Malavasi, e o Capitão-de-Fragata Anderson Mattos, do GSI/PR. Representando a CNEN, estiveram presentes o Diretores de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD), Madison Almeida, o Diretor de Radioproteção e Segurança Nuclear (DRS), Ricardo Gutterres, e a Coordenadora Geral de Assuntos Internacionais, Viviane Simões.

O Sr. Chudakov, que acumula o cargo de chefe do Departamento de Energia Nuclear da AIEA, disse estar impressionado com a magnitude da CNEN e de seus Institutos, tirando várias dúvidas em relação a como o Estado Brasileiro gerencia atividades afetas ao ciclo do combustível nuclear, destinação de rejeitos, pesquisas em reatores e laboratórios, ações regulatórias, interlocução entre Ministérios, dentre outras. A CNEN compreende o papel preponderante de tal visita institucional, a qual traz ganhos ao país, na medida em que a segunda autoridade mundial na área nuclear pôde discutir com a nossa Comissão importantes aspectos referentes ao presente e futuro do setor nuclear. Foi transmitida, também, a visão da AIEA sobre variados temas, com destaque para a Cooperação Técnica. O Sr. Chudakov foi convidado a, em 2020, realizar visitas técnicas às Unidades da CNEN.

Além da visita à CNEN, o DDG-AIEA também visitará as instalações industriais da Marinha em Itaguaí/RJ, a fábrica do combustível nuclear em Resende/RJ, as usinas nucleares de Angra dos Reis/RJ, a instalação industrial da Marinha em Iperó/SP (Aramar)e o 9º Distrito Naval em Manaus/AM. Na programação está previsto o encontro com autoridades do Ministério das Minas e Energia e do Gabinete de Segurança Institucional.

registrado em:
Fim do conteúdo da página